0 itens no seu pedido.
CD - Sistema Delirante Amplo... - Vulgue Tostoi

CD - Sistema Delirante Amplo... - Vulgue Tostoi

REFERÊNCIA:

R$ 29,00
parcele em até 12x nos cartões de crédito.

Detalhes do Produto:

♪ Quando lançou há longos 12 anos o primeiro álbum, Impaciência (Net Records, 2001), o Vulgue Tostoi era um trio formado pelo guitarrista JR Tostoi com Marcello H e Victor Z. Como trio, o Vulgue Tostoi debutou no mercado fonográfico com cultuado disco de inspiração concretista, calcado em experimentações e ruídos eletrônicos. Decorridos 12 anos, o grupo carioca já está reduzido a um duo - levado adiante pelos remanescentes JR Tostoi (voz e guitarra) e Marcello H (voz, guitarra e programações) - e soa mais orgânico no segundo álbum, Vulgue Tostoi II - Sistema delirante amplo e defasado da realidade, produzido por Tostoi e lançado neste mês de novembro de 2013. Sedutor mais pelas texturas e camadas entranhadas nas 16 músicas do que pelas composições em si, o disco preserva a inquietude do Vulgue Tostoi - como sinalizam as dissonâncias da ruidosa Na Casa da Matriz (Quando ainda era na Rua da Matriz) (JR Tostoi, Marcelo H, Berg e Guila) e os ruídos da roqueira Explosão (Marcello H e JR Tostoi) - ao mesmo tempo em que aproxima o duo do formato mais pop e convencional da canção, tendência seguida por faixas como Bomber (Marcello H) e Coliseu (Marcelo H e JR Tostoi). Entre o rock Exílio (Marcello H) e o envergonhado reggae Persona (JR Tostoi e Marcelo H), o álbum Sistema delirante amplo e defasado da realidade reitera a personalidade do toque da guitarra de Tostoi - evidente em Será preciso (JR Tostoi, Marco Alexandre e Marcello H) e em outras músicas deste disco gestado ao longo dos últimos cinco anos - e abre espaço para vozes afins com a sonoridade de Tostoi, produtor com cacife elevado no mercado fonográfico carioca. Lenine entra ao fim do Samba do silêncio (JR Tostoi e Marcello H) para citar versos de Lembranças (Benil Santos e Raul Sampaio). Katia B divide Doce (Marcello H, Larissa Bracher e JR Tostoi) com o vocalista Marcello H. A presença dos violões na gênese do repertório se faz notar em Som se parte (JR Tostoi e Marcello H), canção de atmosfera power folk. Contudo, por mais que seja orgânico, Sistema delirante amplo e defasado da realidade é disco carregado de eletricidade. Uma chama perpassa a formatação das canções, plugando o duo e evitando que o Vulgue Tostoi dilua toda inquietude sob a regra do jogo pop.

 

Critica publicada no blog notas musicais do jornalista Mauro Ferreira

 


 

Faixas:

 

1 – Intro

2 – Exilio

3 – Explosão

4 – Será Preciso

5 – Ela Pediu Paz

6 – Samba do Silencio (part. Lenine)

7 – No Bar Rebouças com Morricone

8 – Robô

9 – Doce

10 – Som se Parte

11 – Descontrole

12 – Bomber

13 – Na Casa da Matriz

14 – Persona

15 – Coliseu

16 – Quando Você Vai Ver