0 itens no seu pedido.
Brasil de Tuhu - Quarteto Radamés

Brasil de Tuhu - Quarteto Radamés

REFERÊNCIA:

R$ 10,00
parcele em até 12x nos cartões de crédito.

Detalhes do Produto:

CD Brasil de Tuhu - Volume 1 reúne cantigas do Guia Prático de Villa-Lobos interpretadas por grandes nomes da música brasileira

Gravado pelo Quarteto Radamés Gnattali com participação de artistas como Elba Ramalho, Zeca Pagodinho e Joyce Moreno, o lançamento é para toda a família e está disponível online gratuitamente

 

O programa Brasil de Tuhu, que há oito anos promove a ampliação do acesso à educação musical, lança seu primeiro CD.  Brasil de Tuhu - Volume 1 é formado por uma seleção de músicas extraídas do Guia Prático do maestro brasileiro Heitor Villa-Lobos, que nos anos 30 viajou pelo Brasil rearranjando e documentando cantigas populares. O disco conta com grandes artistas, foi produzido para toda a família e também está disponível no site www.brasildetuhu.com.br/cd.

Foram quatro meses entre produção, gravação e edição, e o resultado são quatorze faixas, algumas delas muito conhecidas do público, como a clássica que encerra o disco ‘Nesta Rua’, com o trecho “Se essa rua, se essa rua fosse minha/ Eu mandava, eu mandava ladrilhar...”, na voz de Zeca Pagodinho. Além do sambista, Joyce Moreno interpreta “Senhora Viúva”, e Elba Ramalho, as canções “Que lindos olhos” e “Você diz que sabe tudo”. A cantora paraibana contou porque sua participação foi motivo de emoção: “O resultado é sofisticado e lindíssimo. Algumas destas músicas eu cantava quando era menina. Fiquei muito emocionada” disse a artista.

O Brasil de Tuhu - Volume 1 tem arranjos do compositor e pianista premiado Leandro Braga e sua direção musical é assinada por Carla Rincón, 1º violino do Quarteto Radamés Gnattali. Formado também por Andreia Carizzi (Violino), Hugo Pilger (Violoncelo) e Estevan Reis (Viola), o quarteto executa todas as canções do CD ao lado dos instrumentistas Marcelo Caldi (Acordeom), Maria Teresa Madeira e Leandro Braga (Piano), Mauro Senise (Saxofone) e Nicolas Krassik (Rabeca).

O objetivo do lançamento, segundo Carla Rincón, é resgatar parte da obra do maestro Villa-Lobos e seu intuito de educação musical em massa. “Villa-Lobos foi um admirador e grande representante internacional da cultura popular brasileira e defendeu durante toda a sua carreira a importância da educação musical para crianças e jovens. A iniciativa de produzirmos um CD com parte de suas obras é justamente documentá-las mais uma vez e entregá-las com qualidade musical e ludicidade para as famílias. Formar gerações que conheçam sua própria história é fundamental para construir um país mais consciente, que protege e se orgulha de sua cultura”, avalia a musicista.

Na opinião de Joyce Moreno, esse resgate promovido pelo CD também significa uma contribuição valiosa. “Esse projeto é muito importante porque antes de mais nada devolve aos brasileirinhos, os brasileiros do futuro, as músicas que são deles, que pertencem às nossas tradições, ao nosso povo. O acesso à cultura popular que Villa-Lobos registrou, a essas cançonetas infantis, é essencial. As crianças precisam conhecer para que isso não se perca” defende Joyce.

O CD será vendido na Discole Música (http://www.discolemusica.com/), pelo valor simbólico de R$ 10, e terá sua renda revertida para fomentar as ações promovidas gratuitamente pelo programa Brasil de Tuhu. Cerca de 200 escolas públicas de todas as regiões do país receberão o disco gratuitamente, para que possa ser usado em sala de aula e em atividades para crianças. O CD tem um encarte ilustrado com jogos de notas musicais em um formato lúdico, que também pode ser baixado pelo site do programa. Na brincadeira, o público pode aprender a escala musical e descobrir as notas da canção “Que lindos olhos” e “Senhora Viúva”.

 

Sobre o Brasil de Tuhu

Impulsionado pela Lei Federal nº 11.769/2008, que inclui a música na grade curricular das escolas, o Brasil de Tuhu realiza desde 2009 diversas ações gratuitas voltadas para a ampliação da educação musical no Brasil – incluindo concertos em escolas públicas de todo o país, oficinas de musicalização, uma série de conteúdos digitais sobre música e educação, reunidos no site www.brasildetuhu.com.br, além do app Tuhu Musical, com jogos inspirados em cantigas brasileiras, para crianças a partir de 4 anos. Com os concertos didáticos, o programa já percorreu mais de 140 escolas públicas de 36 municípios de 17 estados do país, levando a música para mais de 15 mil jovens.

A inspiração para as ações do programa surgiu a partir do Guia Prático, de Heitor Villa-Lobos. Trata-se de uma coletânea de cantigas rearranjadas pelo maestro e compositor brasileiro nos anos 30, resultado de sua incursão pelo país em busca dos elementos formadores de nossa cultura. “Tuhu” era o apelido de infância do maestro, e por isso foi escolhido para compor o nome do projeto. O Brasil de Tuhu é uma realização da Baluarte Cultura, ao lado do Quarteto Radamés Gnattali, e conta com patrocínio da Wilson Sons via Lei Rouanet.

Sobre a Baluarte

Idealizadora do programa Brasil de Tuhu, a Baluarte Cultura tem como missão viabilizar ações culturais criativas e transformadoras, especialmente iniciativas que buscam a convergência entre a cultura e educação. Sediada no Rio de Janeiro, a empresa é especializada em consultoria, gestão e capacitação cultural. A expertise em leis de incentivo, idealização e gestão de projetos e assessoria para investimentos em cultura resultaram, nos dez anos de atuação da empresa, em mais de 70 projetos realizados no Brasil e exterior. 

 

 

Sobre o Quarteto Radamés Gnattali

Vencedor dos prêmios Rumos Itaú 2007 e XIII Prêmio Carlos Gomes como melhor conjunto de câmara do Brasil em 2009, indicado para o Grammy Latino 2012, Prêmio da Música Brasileira 2013 e Prêmio de Cultura do Governo do Rio de Janeiro 2012-2013, o Quarteto Radamés Gnattali despontou como o primeiro no mundo a gravar em DVD e BluRay os 17 Quartetos de Cordas do compositor brasileiro Heitor Villa-Lobos.  Formado por Carla Rincón (violino), Andréia Carizzi (violino), Marco Catto (viola) e Hugo Pilger (violoncelo), o Quarteto tem um repertório basicamente dedicado à música brasileira e possui em sua trajetória participação nos principais festivais e eventos de música câmara, como a Bienal da Funarte, MIMO, Festival Villa-Lobos e Festival Internacional de Campos do Jordão.

Sobre a Wilson Sons

Uma das maiores operadoras de serviços portuários, marítimos e logísticos do Brasil, a Wilson Sons iniciou suas atividades em 1837, em Salvador, Bahia. Nesses mais de 175 anos de existência, a companhia se estabeleceu pela gestão de seus negócios nos segmentos de terminais portuários, rebocagem portuária e oceânica, apoio marítimo a operações offshore, logística, agenciamento marítimo e indústria.

 

Repertório:

1. Que lindos olhos! 3:12 Arr: Leandro Braga /Quarteto Radamés Gnattali e Elba Ramalho, voz

2. Atché! 2:08 Arr: Leandro Braga /Quarteto Radamés Gnattali

3. Sôdade 3:29 Arr: Leandro Braga/ Quarteto Radamés Gnattali e Mauro Senise, sax

4. Você diz que sabe tudo 2:31 Arr: Leandro Braga/ Quarteto Radamés Gnattali e Elba Ramalho, voz

5. Senhora Dona Sancha 3:21 Arr: Leandro Braga/Quarteto Radamés Gnattali

6. Sonho de uma criança 3:57 Arr: Leandro Braga/ Quarteto Radamés Gnattali e Leandro Braga, piano

7. Canário 2:25 Arr: Leandro Braga/ Quarteto Radamés Gnattali

8. Senhora viúva 3:58 Arr: Leandro Braga/Quarteto Radamés Gnattali e Joyce Moreno, voz

9. O Castelo 3:02 Arr: Leandro Braga/ Quarteto Radamés Gnattali e Marcelo Caldi, acordeão

10. Xô! Passarinho 3:05 Arr: Leandro Braga/ Quarteto Radamés Gnattali e Maria Teresa Madeira, piano

11. A cantiga de roda 3:06 Arr: Leandro Braga/ Quarteto Radamés Gnattali

12. Pombinha Rolinha 4:03 Arr: Leandro Braga/ Quarteto Radamés Gnattali e Nicolas Krassik, rabeca

13. Vamos atrás da serra, ó Calunga! 2:31  Arr: Leandro Braga/ Quarteto Radamés Gnattali

14. Nesta rua 3:24 Arr: Leandro Braga/ Quarteto Radamés Gnattali e Zeca Pagodinho (O artista foi gentilmente cedido pela Universal Music)

 

Ficha técnica

Realização: Baluarte Cultura e Quarteto Radamés Gnattali

Patrocínio: Wilson Sons e Governo Federal

Coordenação Pedagógica e Direção Musical: Carla Rincón

Arranjos: Leandro Braga

Engenheiro de Som, Edição, Mixagem e Masterização: Ulrich Schneider

Intérpretes: Quarteto Radamés Gnattali - Carla Rincón (Violino), Andréia Carizzi (Violino), Estevan Reis (Viola) e Hugo Pilger (Violoncelo)

Convidados: Elba Ramalho, Joyce Moreno, Leandro Braga, Marcelo Caldi, Maria Teresa Madeira, Mauro Senise, Nicolas Krassik e Zeca Pagodinho (gentilmente cedido pela Universal Music)

 

Você também pode se interessar por:

10 Anos & Outros Sambas - Moacyr Luz e Samba do Tr


10 Anos & Outros Sambas - Moacyr Luz e Samba do Tr

por R$ 29,00

MAIS DETALHES
 
Alexandre Nunes - Marmita


Alexandre Nunes - Marmita

por R$ 29,00

MAIS DETALHES
 
Cadernos - Problemas Meus


Cadernos - Problemas Meus

por R$ 25,00

MAIS DETALHES
 
Casuarina 7


Casuarina 7

por R$ 29,00

MAIS DETALHES